Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple tem mais de 14 mil milhões em obrigações do Tesouro norte-americano

A cotada liderada por Steve Jobs aumentou a sua exposição à dívida dos EUA no último ano e já detém mais de um quarto da sua liquidez aplicada em títulos do Tesouro.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 09 de Agosto de 2011 às 16:15
A Apple detém 20,8 mil milhões de dólares (14,7 mil milhões de euros) das suas reservas aplicadas em títulos de dívida norte-americana ou de agências que pertencem à administração federal, refere o “site” do diário espanhol “Cinco Dias”.

A fabricante do iPad detém 76 mil milhões de dólares em reservas e a sua exposição à dívida pública dos EUA cresceu 18% face a Setembro de 2010, refere a publicação.

A exposição da tecnológica à dívida dos EUA é um sinal de que a cotada confia na capacidade da Administração Obama de cumprir as suas obrigações, numa altura em que o país viu o “rating” da sua dívida diminuído pela Standard & Poor’s e em que se chegou a recear que não fosse aprovado o aumento do tecto da dívida.

A Apple também tem parte significativa das suas reservas denominadas em dívida de outras empresas. A cotada detém obrigações corporativas no valor de 30,6 mil milhões de dólares. Deste montante, 23,3 mil milhões estão aplicados no longo prazo.

A Apple detém ainda 6,1 mil milhões de dólares em obrigações de outras países estrangeiros. Do montante detido em Obrigações do Tesouro norte-americana e de agências federais, 74% estão aplicados em activos de longo prazo.
Ver comentários
Saber mais dívida juros empresas Jobs Apple Treasury
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio