Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aproximação da falência leva GM a negociar abaixo de 1 dólar por acção

As acções da General Motors estão a valer menos de 1 dólar por acção, o preço mínimo requerido para negociar na bolsa norte-americana, uma vez que se aproxima a data limite imposta pelo governo para saldar a dívida, informa a Bloomberg.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções da General Motors estão a valer menos de 1 dólar por acção, o preço mínimo requerido para negociar na bolsa norte-americana, uma vez que se aproxima a data limite imposta pelo governo para saldar a dívida, informa a Bloomberg.

O governo norte-americano deu até 1 de Junho à GM para resolver os seus problemas financeiros sem nova injecção de dinheiros públicos.

A GM deverá avançar no dia 1 de Junho com o pedido de protecção contra credores, ao abrigo do Capítulo 11 da Lei de Falências dos EUA, e vender a maior parte dos activos a uma nova empresa, de acordo com fontes próximas com as negociações.

Em Abril de 2000, as acções da GM valiam 94,63 dólares por acção. No ano passado a empresa retraiu 87% com a recessão global a travar as vendas de carros. A industria automóvel caiu para os valores mais baixos desde 1980.

A GM tem uma capitalização bolsista no valor de 570 milhões de dólares. Em Fevereiro, a NYSE suavizou os requisitos de manutenção dos activos no mercado. Há 13 anos que NYSE não suspendia o requerimento do mínimo de 1 dólar por acção.

A GM segue a desvalorizar 19,115 para 0,906 dólares, o valor mais baixo em 76 anos. Hoje já esteve a cair 22,32% no mercado norte-americano.

Ver comentários
Outras Notícias