Empresas As compras não param. LVMH namora Tiffany e Paypal quer Honey Science

As compras não param. LVMH namora Tiffany e Paypal quer Honey Science

Os negócios das fusões e aquisições prosseguem a bom ritmo, com novos anúncios na Europa e nos EUA. Esta quarta-feira foram anunciados avanços em dois namoros.
As compras não param. LVMH namora Tiffany e Paypal quer Honey Science
Gleb Garanich/Reuters
Carla Pedro 20 de novembro de 2019 às 22:19

A tentativa de compra da Tiffany por parte da LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy) parece estar bem encaminhada. Segundo a Bloomberg, que cita fontes próximas do processo, o grupo francês de artigos de luxo está em conversações com a empresa de joias norte-americana depois de ter aumentado a sua oferta.

 

Em finais de outubro, a LVMH – com marcas como a Givenchy, Fendi, Christian Dior, Bulgari, Hublot e Dom Pérignon – tinha já lançado uma proposta de compra no valor de 14,5 mil milhões de dólares, o que correspondia a 120 dólares por cada ação da Tiffany.

 

Agora, a oferta subiu para 130 dólares por ação, de acordo com as referidas fontes, que pediram anonimato.

 

Do outro lado do Atlântico também há mais novidades em matéria de fusões e aquisições, com a Paypal a acordar a compra da Honey Science por 4 mil milhões de dólares.

 

A empresa de pagamentos online quer assim reforçar a sua presença na nuvem com um maior portefólio de simplificação da experiência de compra do consumidor, sublinhou em comunicado o CEO da Paypal, Dan Schulman.

 

No entanto, os investidores estão a revelar-se algo céticos perante aquisição desta plataforma tecnológica de compras e prémios – que conta com cerca de 17 milhões de utilizadores mensais ativos –, com a Paypal a cair 2% na negociação fora do horário regular bolsista em Wall Street.

 

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI