Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Audiências de Agosto com impacto "negativo" na Impresa e na Media Capital

As audiências de Agosto tiveram um "impacto negativo" na Impresa e na Media Capital, consideram os analistas do BPI. A TVI, apesar de ter mantido a liderança, viu as suas audiências caírem em 2,1 pontos percentuais. Já a SIC regressou à terceira posição com um "share" de 22,4%.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 02 de Setembro de 2009 às 12:16
  • Partilhar artigo
  • ...
As audiências de Agosto tiveram um "impacto negativo" na Impresa e na Media Capital, consideram os analistas do BPI. A TVI, apesar de ter mantido a liderança, viu as suas audiências caírem em 2,1 pontos percentuais. Já a SIC regressou à terceira posição com um "share" de 22,4%.

No mês de Agosto, o “share” da estação de Carnaxide caiu em 2 pontos percentuais, enquanto o “share” da RTP subiu de 21,9% para 24,2%. A SIC superou a estação pública em “prime-time” com um “share” de 23,5%.

Desde o início do ano que a SIC regista em “share” médio de 23,5%.
Já a TVI regista um “share” médio desde o início do ano de 29%. Em Agosto, o “share” da estação de televisão caiu em 2,1 pontos percentuais para 25,8%.

O BPI considera que estes números são "negativos" para as duas empresas. No caso da Impresa porque a SIC "interrompe a sequência positiva e regressa a níveis inferiores a 23%".

As estimativas do BPI para o "share" da SIC mantém-se nos 23,2%, "abaixo dos 23,5% que a estação regista desde o início do ano".

No caso da TVI, Tiago Veiga Anjos sublinha que "nos últimos dois meses, a TVI perdeu quase 5,5 pontos percentuais no seu 'share'".

"De acordo com as nossas estimativas, esperamos que a TVI mantenha a mesma média registada em 2008, 30,5%", acrescenta o analista do BPI.

O BPI atribui um preço-alvo de 70 cêntimos por acção e uma recomendação de "vender" as acções da Impresa.

A casa de investimento recomenda "acumular" títulos da Media Capital e atribui uma "target" de 4,15 euros.

As acções da Impresa recuam hoje 3,10% para negociar nos 1,25 euros.

Já os títulos da Media Capital não negoceiam desde segunda-feira. Nesse dia as acções subiram 34,85% para os 4,85 euros.

Ver comentários
Outras Notícias