Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aumento dos encargos sobre sistema eléctrico penalizam tarifas

A subida dos encargos sobre o sistema público de electricidade e a transferência de consumo para o mercado liberalizado vão pressionar as tarifas nos próximos anos, noticiou hoje o Jornal de Negócios.

Ana Suspiro asuspiro@mediafin.pt 20 de Dezembro de 2004 às 08:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A subida dos encargos sobre o sistema público de electricidade e a transferência de consumo para o mercado liberalizado vão pressionar as tarifas nos próximos anos, noticiou hoje o Jornal de Negócios.

Os encargos a reflectir sobre as tarifas eléctricas do sistema vinculado vão aumentar substancialmente nos próximos três anos.

Em causa está o efeito conjugado da subida dos custos que se reflectem nas tarifas, com destaque para os associados às energias renováveis, e da redução, à medida que a liberalização avança, do número de clientes e nível de consumo no sistema eléctrico público, o SEP, que tem, através das tarifas reguladas, de suportar esses encargos.

 

No limite, o consumidor doméstico, que só verá a liberalização em 2005 e que terá menos estímulos para mudar de fornecedor, poderá ser o mais penalizado.

Segundo as previsões das empresas reguladas, elaboradas pela ERSE (Entidade Reguladora do Sector Energético) com base em dados fornecidos pela REN e pela EDP, prevê-se um crescimento acentuado dos fornecimentos a clientes do sistema não vinculado (correspondente ao mercado liberalizado), em detrimento dos clientes do SEP.

Para 2007, a EDP Distribuição prevê que o consumo aos clientes do Sistema Eléctrico não Vinculado (SENV) representem cerca de 29% dos fornecimentos totais. Em 2003 eram apenas 10%.

Leia a notícia na íntegra no Jornal de Negócios.

Outras Notícias