Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aurea revê em alta preço de OPA sobre Iberpistas

A concessionária de auto-estradas Aurea Infraestructuras del Estado aumentou para os 13 euros por acção o valor relativo à OPA lançada sobre a Iberpistas, dispondo-se a pagar 950 milhões de euros para assumir o controlo desta.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 25 de Março de 2002 às 10:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A concessionária de auto-estradas Aurea Infraestructuras del Estado aumentou para os 13 euros por acção o valor relativo à oferta pública de aquisição (OPA) lançada sobre a Iberpistas, dispondo-se a pagar 950 milhões de euros para assumir o controlo desta, anunciou a empresa.

Na semana transacta, a Aurea havia proposto uma troca de 2,1 acções próprias por cada acção da Iberpistas, cotadas a 10,38 euros na quinta-feira, altura em que ambas as acções foram suspensas de negociação.

O primeiro valor implícito na OPA lançada pela Aurea avaliava a Iberpistas num total de 723 milhões de euros.

A Aurea, segunda maior concessionária espanhola em termos de vendas, formulou também uma proposta alternativa aos accionistas da Iberpistas, que consiste na troca de 14 acções da Aurea, com direitos especiais de dividendos, por 29 títulos da Iberpistas.

A revisão em alta do preço oferecido na OPA da Aurea surgiu depois da sua rival Acesa ter avançado com uma oferta concorrente de 11 euros por cada título da Iberpistas.

Segundo a legislação espanhola, apenas a primeira empresa a avançar com uma OPA tem o direito de rever em alta o valor da oferta, pelo que a Acesa não pode ripostar ao novo preço proposto pela Aurea.

A Acesa firmou recentemente um acordo com o BPI [BPIN], visando a alienação de 10% da Auto-Estradas do Atlântico, por 17,5 milhões de euros, após ter garantido o controlo de 10% da concessionária portuguesa Brisa [BRISA].

As acções da Aurea e da Iberpistas fecharam na quinta-feira nos 21,80 euros e 10,38 euros, estando suspensas desde essa altura. Os títulos da Acesa subiam 0,2% para os 10,64 euros

Ver comentários
Outras Notícias