Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Balanço do BCE cai para mínimos de 11 meses após reembolsos da banca

O balanço do Banco Central Europeu (BCE) recuou para o valor mais baixo dos últimos 11 meses, a beneficiar do programa de reembolso antecipado de parte dos empréstimos que a autoridade monetária concedeu à banca.

Negócios 05 de Fevereiro de 2013 às 14:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O balanço diminuiu em 159,1 mil milhões de euros para um total de 2,77 biliões, na semana terminada a 1 de Fevereiro, revelou o BCE, citado pela Bloomberg. Este é o valor mais baixo desde 24 de Fevereiro de 2012.

 

O montante total dos empréstimos do BCE à banca desceu 140,8 mil milhões de euros para 1,02 biliões.

 

A contribuir para esta redução esteve a operação realizada na semana passada em que os bancos puderam antecipar o pagamento de parte dos empréstimos de longo prazo concedidos pelo BCE em Dezembro de 2011. Esta linha de crédito foi concedida com uma maturidade a três anos e tinha como objectivo injectar liquidez no sistema financeiro.

 

Ficou determinado que os bancos poderiam, se assim o entendessem, antecipar o pagamento dos empréstimos. O que aconteceu pela primeira vez na semana passada. Esta semana há outra operação, mas as previsões apontam para que a participação seja bastante inferior à primeira.

 

Assim, na semana passada, os bancos amortizaram quase 140 mil milhões de euros dos empréstimos de longo prazo. Já esta semana, as previsões apontam para que a antecipação seja de 3,5 mil milhões de euros.

 

Na primeira operação, participaram três bancos portugueses: a CGD, o BES e o BCP tendo no total amortizado mais de três mil milhões de euros. O BPI não participou, com o presidente do banco a considerar que a antecipação do pagamento não tem vantagens para a instituição.

Ver comentários
Saber mais BCE Mario Draghi balanço do BCE empréstimos à banca
Outras Notícias