Banca & Finanças Banca espanhola sofre com retirada de comissões no México. BBVA quebra 6%

Banca espanhola sofre com retirada de comissões no México. BBVA quebra 6%

Depois das hipotecas, há uma nova mudança regulatória a ensombrar os bancos espanhóis. O Governo mexicano quer anular a cobrança de algumas comissões, o que terá impacto nas receitas das instituições castelhanas.
Banca espanhola sofre com retirada de comissões no México. BBVA quebra 6%
Miguel Baltazar
Ana Batalha Oliveira 09 de novembro de 2018 às 10:57

Os bancos espanhóis sofrem novo abalo com a regulação, desta vez com epicentro no México, onde o governo quer eliminar algumas das comissões cobradas aos clientes. O BBVA, cuja exposição a este mercado é elevada, já cai mais de 6%.

O Governo mexicano propõe cortar as comissões para o levantamento de dinheiro em ATM, para a consulta de saldo ou nas transferências para outras entidades. As propostas, que estão alinhadas com as práticas internacionais, seriam implementadas gradualmente.

A actividade no México é especialmente importante para o BBVA, banco no qual as receitas provenientes deste país pesaram 40% nos primeiros nove meses do ano. O Santander, que também tem uma forte aposta na América latina, também não escapa aos receios dos investidores.

O BBVA já caiu 6,25% para os 4,891 euros e continua com perdas da mesma ordem, sendo a segunda cotada que mais desliza no principal índice espanhol, o Ibex 35. Neste índice também pesam o banco Sabadell, que cede 2,14% para os 1,1865 euros e o Santander, que quebra 1,95% para os 4,2225 euros. O Ibex 35 mostra agora perdas de quase 1%.

Os bancos espanhóis voltam desta forma à trajectória descendente nos mercados depois de terem visto algum alívio esta semana passada, no dia em que o tribunal espanhol rejeitou a proposta do governo castelhano de passar o encargo fiscal associado ao processo de hipotecas dos clientes para os bancos. Contudo, esta quinta-feira, o governo espanhol apressou-se a agir e aprovou uma alteração da legislação que deixa a medida avançar.




pub