Banca & Finanças Banco suíço chega a Portugal para gerir 1,4 mil milhões em fortunas

Banco suíço chega a Portugal para gerir 1,4 mil milhões em fortunas

O EFG International chegou a Lisboa há apenas três semanas e já está a preparar a sua abertura no Porto. O objetivo passa por gerir perto de 1,4 mil milhões de euros em fortunas nos próximos três anos.
Rita Atalaia 27 de setembro de 2019 às 12:14
O EFG International chegou a Lisboa há menos de um mês, mas já se quer expandir para o Porto, revelou Bernardo Meyrelles, CEO do EFG em Portugal, esta sexta-feira. O objetivo passa por gerir 1,4 mil milhões de euros nos próximos três anos, através de uma equipa que espera duplicar num futuro próximo. 

"Somos o primeiro banco ligado à banca privada a ter presença física fora de Lisboa", disse Bernardo Meyrelles, num encontro com jornalistas. Agora, "queremos abordar o Norte" e "estar onde estão os clientes". Nesse sentido, "já a partir de amanhã vamos começar a trabalhar na abertura da segunda agência" na cidade Invicta, com a expectativa de que o processo fique concluído até ao final do ano. 

Quanto à equipa do EFG Portugal, esta conta inicialmente com 10 elementos. Mas o banco quer "duplicá-la o quanto antes", referiu ainda Bernardo Meyrelles, ex-presidente do Deutsche Bank Portugal.

De acordo com o banco suíço, que está presente noutros países europeus, como é o caso de Chipre, França ou Grécia, o objetivo em Portugal passa por conseguir gerir cerca de 1,5 mil milhões de francos suíços (perto de 1,4 mil milhões de euros) em fortunas até 2022. Um número que Giorgio Pradelli, CEO do EFG International, diz ser "conservador".

"O sul da Europa é um mercado estratégico", referiu ainda Pradelli, salientando que "Portugal tem vantagens adicionais. Os nossos colegas em Miami viram que [este mercado] ia começar a ser muito atrativo para o Brasil", numa altura em que começaram a sentir-se os problemas no país. Além disso, "há o programa dos vistos gold" e a situação de instabilidade provocada pelo Brexit. 

"Portugal pode beneficiar destes fluxos de pessoas e de dinheiro", garantiu o CEO do EFG International, explicando que os clientes com fortunas até 10 milhões de euros são os que dominam em território nacional. 

(Notícia atualizada às 18:16)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI