Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco italiano dispara 10% com plano para reforçar capital

O Banca Monte dei Paschi di Siena, no centro da turbulência que está a afectar o sector bancário italiano, deu hoje boas notícias aos investidores.

O Monte dei Paschi, o banco mais antigo do mundo, também tem sentido a pressão devido à exposição a activos de risco. O banco procura novos investidores e parceiros para vender carteiras de crédito de menor qualidade de forma a aliviar o fardo que estes representam para o seu balanço. As acções descem 52,68% em 2016.
Bloomberg
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 19 de Outubro de 2016 às 09:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções do Banca Monte dei Paschi di Siena estão a reagir em forte alta ao anúncio do banco de que vai avançar com o plano para reforçar o seu capital.


Os títulos atingiram uma valorização máxima de 10%, seguindo agora a ganhar 8,5% para 0,212 euros. Apesar da recuperação, o Monte dei Paschi acumula ainda uma perda de 82% este ano, devido às dúvidas dos investidores com a capacidade da instituição financeira se recapitalizar sem a injecção de fundos estatais.


Num comunicado ao mercado, o banco italiano anunciou que a administração liderada por marco Morelli está a efectuar uma análise aprofundada ao plano de negócios que será aprovado a 24 de Outubro e que conterá medidas para reforçar os rácios de capital e baixar o nível do crédito malparado.


Segundo a Bloomberg, o objectivo deverá passar por efectuar um aumento de capital de 5 mil milhões de euros. Será a terceira emissão de novas acções no espaço de dois anos, sendo que o Monte dei Paschi pretende também remover 28 mil milhões de euros em crédito malparado do balanço.


Em cima da mesa da administração do banco italiano está também um plano desenhado pelo Executivo de Matteo Renzi, que passa por um aumento de capital de 5 mil milhões de euros, com metade destes fundos a serem injectados por novos investidores.

Ver comentários
Saber mais Banca Monte dei Paschi di Siena banca italiana
Mais lidas
Outras Notícias