Bolsa Bank Millennium dispara quase 8% após resultados

Bank Millennium dispara quase 8% após resultados

Os resultados do primeiro trimestre do ano superaram as estimativas dos analistas. E o presidente executivo do banco polaco disse esperar poder distribuir os lucros de 2017 pelos accionistas.
Bank Millennium dispara quase 8% após resultados
Miguel Baltazar/Negócios
Sara Antunes 25 de abril de 2017 às 16:26

As acções do Bank Millennium subiram 7,92% para 6,95 zoltys (1,63 euros), depois de terem chegado a apreciarem um máximo de 10,71%. A subida de fecho é a mais pronunciada desde 10 de Fevereiro, dia em que foi noticiado que o Executivo polaco tinha recuado na legislação sobre impostos à banca.

 

Além de uma subida acentuada, a liquidez foi elevada, tendo trocado de mãos mais de 2,9 milhões de acções, o que compara com uma média diária de 882,2 mil nos últimos seis meses.

Este desempenho das acções do banco polaco, detido em 50,01% pelo BCP, surge depois de a instituição ter revelado os números do primeiro trimestre do ano. 

O Bank Millenium fechou o primeiro trimestre do ano com um resultado líquido de 140,5 milhões de zlotys (33 milhões de euros), o que corresponde a um aumento de 2,4% face ao mesmo período do ano passado, revelou esta terça-feira, 25 de Abril, o banco polaco em comunicado

Este número superou as estimativas dos analistas consultados pela Reuters que antecipavam um lucro médio de 117 milhões de zlotys, o que representava uma queda face aos números reportados no primeiro trimestre de 2016.

As receitas do banco aumentaram em 3,54% para 576,3 milhões de zoltys, no mesmo período em que as comissões cresceram 21,5% para um total de 196,1 milhões.

Assim, os resultados operacionais aumentaram 11,5% para 248,7 milhões, acrescenta a mesma fonte.

Um dos factores que os analistas apontavam para que fosse penalizar os resultados do Bank Millennium era a comissão que os bancos tiveram de pagar ao fundo de resolução da Polónia. O Haitong estimava que, no caso deste banco, o valor ascendesse a 40 milhões de zoltys. E não esteve longe: 44 milhões de zlotys foi o valor contabilizado nesta rubrica. 

A instituição financeira revelou ainda que o rácio de crédito malparado se situa nos 4,5%. Já os depósitos de particulares cresceram 13% para um total de 41 mil milhões de zlotys. O crédito às empresas também aumentou para 14,5 mil milhões.

O rácio de solvabilidade CET 1 está nos 17,9%.

 

Além disso, em conferência, o presidente executivo do Bank Millennium, João Bras Jorge, afirmou que é "muito importante" partilhar os lucros com os accionistas, acrescentando que a instituição gostaria de pagar dividendos já relativamente aos resultados de 2017, caso lhe seja permitido. As declarações, citadas pela Bloomberg, foram proferidas na Polónia. O banco polaco deixou de pagar dividendos em 2016 devido às exigências de capital feitas pelo regulador do país.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI