A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barca Velha 2004 chega em Setembro por cem euros

Um dos mais exclusivos vinhos portugueses regressará este ano ao mercado, novamente pelo "paladar" do enólogo Luís Sottomayor. A Casa Ferreirinha, detida pela Sogrape, produziu apenas 26.068 garrafas numeradas, da colheita de 2004.

Barca Velha 2004 chega em Setembro por cem euros
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 17 de Maio de 2012 às 12:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
Esta é apenas a 17ª colheita na história deste vinho nascido no Douro em 1952, há precisamente 60 anos, e chega ao mercado em Setembro com um preço de 100 euros. Até lá, e já a partir de Junho, apenas estará disponível no Clube Reserva 1500 (o clube de sócios da Sogrape, a empresa proprietária da Ferreirinha).

O Barca Velha é um vinho emblemático da região duriense, que nasce apenas de vindimas excepcionais. Como a de 2004, um ano vitícola quente e seco, em que "a grande dificuldade, enquanto vindima de grande qualidade e quantidade, foi separar as uvas que iam fazer história daquelas que estavam apenas destinadas à produção clássica", sintetiza o enólogo chefe da Casa Ferreirinha. Os cinco últimos da colecção são de 1991, 1995, 1999 e 2000.

As uvas são maioritariamente provenientes da Quinta da Leda (Vila Nova de Foz Côa) onde a Sogrape tem 160 hectares de vinha, e também de uma pequena percentagem de outras vinhas situadas a altitudes mais elevadas. A colheita de 2004, que esperou os últimos oito anos para poder ser bebido, inclui as castas Touriga Nacional (40%), Touriga Franca (30%), Tinta Roriz (20%) e Tinto Cão (10%).

"Os vinhos foram transportados para Vila Nova de Gaia logo após o final da maceração, onde depois das fermentações de acabamento foram submetidos a um estágio em barricas de carvalho francês de 225 litros de capacidade, 75% madeira nova e 25% madeira usada, durante aproximadamente 16 meses", informou a Casa Ferreirinha, frisando ainda ter sido engarrafado sem tratamento.

Este vinho, com teor alcoólico de 13,5 graus, pode ser bebido desde já. No entanto, tem um "longo potencial de guarda" e evolui positivamente em garrafa, desde que seja mantida deitada e em local seco e fresco ao abrigo da luz. A empresa estima que atinja o "apogeu" 15 a 20 anos após a colheita, "prevendo-se contudo que se mantenha vivo por um período até hoje indeterminado".
Ver comentários
Saber mais vinho Douro Barca Velha Sogrape
Mais lidas
Outras Notícias