Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barclays: Banca espanhola deverá registar prejuízos de 46 mil milhões

Devido à exposição ao sector imobiliário, as instituições financeiras espanholas deverão registar, no mínimo, prejuízos de 46 mil milhões de euros.

Negócios negocios@negocios.pt 22 de Fevereiro de 2011 às 15:50
Numa nota divulgada esta manhã, o banco britânico estima que no caso de um "cenário base", os bancos e as cajas poderão registar prejuízos de 46 milhões de euros. No entanto, este valor poderá duplicar caso a situação do sector financeiro se agrave.

A estimativa do Barclays fica bem acima da previsão do Banco de Espanha. O banco central antecipa, em qualquer dos cenários, prejuízos máximos de 49 mil milhões de euros.

Ainda assim, o Barclays acredita que as instituições financeiras estão em condições de realizarem bons testes de "stress".

O executivo espanhol afirmou, recentemente, que as necessidades de capital adicional para que a banca espanhola faça frente aos requisitos impostos na nova lei (8% de capital social para as entidades cotadas e 10% para as não cotadas ou que tenham mais de 20% do seu financiamento dependente do mercado interbancário) não devem superar os 20 mil milhões de euros.

Os cálculos do Banco de Espanha apontam para o mesmo valor mas os dados exactos só serão conhecidos a 10 de Março, afirmou ontem o governador do banco central.

Já o Barclays estima que as necessidades adicionais de capital devem situar-se entre os 15 mil milhões e os 18 mil milhões de euros.
Ver comentários
Saber mais Barclays banca espanhola Banco de Espanha
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio