Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barclays pode cortar até 1.800 postos de trabalho

O banco britânico Barclays anunciou hoje que pode cortar até 1.800 postos de trabalho, ou 2% da sua força de trabalho, depois de ter anunciado que os lucros do segundo semestre ficaram inalterados face ao período homólogo.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 14 de Fevereiro de 2002 às 17:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O banco britânico Barclays anunciou hoje que pode cortar até 1.800 postos de trabalho, ou 2% da sua força de trabalho, depois de ter anunciado que os lucros do segundo semestre ficaram inalterados face ao período homólogo.

Este corte de postos de trabalho está inserido no âmbito de um plano de reestruturação que o banco encetou para fazer face ao abrandamento da actividade relacionada com a quebra dos mercados accionistas.

A maioria dos postos de trabalho a cortar serão na área de banca privada, gestão de carteiras e banca do segmento empresarial.

O ano passado cerca de 2.500 trabalhadores deixaram o Barclays no âmbito deste plano de reestruturação. O Barclays emprega cerca de 79 mil trabalhadores, 59 mil dos quais no Reino Unido.

O resultado líquido por acção do Barclays desceu de 0,76 para 0,70 libras no segundo semestre deste ano fiscal. Os lucros ficaram inalterados face ao período homólogo.

As acções do Barclays seguiam a descer 2% em Londres.

Outras Notícias