Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barreto diz que não avança com reestruturação do sector energético

O ministro das Actividades Económicas, Álvaro Barreto, anunciou hoje que não vai avançar com a reestruturação do sector energético em Portugal dada a actual situação política, não implementando quaisquer planos alternativos ao previsível «chumbo» da integ

Negócios negocios@negocios.pt 06 de Dezembro de 2004 às 12:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ministro das Actividades Económicas, Álvaro Barreto, anunciou hoje que não vai avançar com a reestruturação do sector energético em Portugal dada a actual situação política, não implementando quaisquer planos alternativos ao previsível «chumbo» da integração da GDP na EDP-Energias de Portugal por Bruxelas, segundo a Reuters.

O responsável adiantou que «já está acordada uma reunião com a ENI» e que está «confiante até porque não é bem claro se os italianos têm ou não o direito» de em Fevereiro de 2005 exercer o direito de compra de acções da Galp, passando a controlá-la.

Acrescentou, segundo aquela agência, que «das duas uma, ou se altera o prazo de Fevereiro de 2005 para mais algum tempo ou se encontra uma solução alternativa».

Disse ainda que «o Mibel é urgente que se faça, o Mibel vai avançar», adiantando: «o grande objectivo que tenho é criar concorrência no sectores eléctrico e do gás em Portugal e beneficiar os consumidores e só através do Mibel é que isso se consegue».

«Entendo que (a reestruturação do sector energético), sendo uma coisa tão profunda e dada a situação do Governo, não me parece eticamente possível avançar com ela», disse Álvaro Barreto, à margem do debate parlamentar da proposta de Orçamento do Estado para 2005.

«A minha intenção neste momento é não mexer nisso. Vai ficar chumbado (pela Comissão Europeia), não vou mexer, vou manter tal como está o gás na Galp sem alterações», acrescentou.

As acções da EDP [EDP] seguiam inalteradas nos 2,21 euros, com 2,7 milhões de papéis a trocarem de carteiras..

Mais lidas
Outras Notícias