Banca & Finanças Bataglia era sócio da Akoya mas foi apanhado de surpresa com Monte Branco

Bataglia era sócio da Akoya mas foi apanhado de surpresa com Monte Branco

A par de Álvaro Sobrinho, Hélder Bataglia era um dos maiores sócios da Akoya, que se viu envolvida na investigação por fraude fiscal e branqueamento de capitais. Mas afasta quaisquer culpas.
Bataglia era sócio da Akoya mas foi apanhado de surpresa com Monte Branco
Bruno Simão/Negócios
Diogo Cavaleiro 27 de janeiro de 2015 às 17:28

Hélder Bataglia repetiu Álvaro Sobrinho no que diz respeito à Akoya, uma sociedade por si participada que se viu envolvida no escândalo de eventual fraude fiscal Monte Branco. A Akoya é apenas uma pequena parte do Monte Branco, representando ligeiramente acima dos 2% do dinheiro que terá sido movimentado nesta rede, disse aos deputados, como já havia referido o banqueiro.

 

Ambos eram os accionistas com posições mais elevadas no grupo, na ordem dos 22%. Mas Bataglia disse, em resposta à deputada social-democrata Clara Marques Mendes, ter ficado totalmente surpreendido aquando das notícias que deram conta da inclusão da Akoya no esquema de fraude fiscal. "Fomos apanhados de surpresa por terem sido detidos os próprios administradores em Portugal. Foi uma grande surpresa", relatou na comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES.

 

Além de Bataglia e Sobrinho, a Akoya era detida por Ana Bruno, com perto de 5%, e pelos administradores executivos Michel Canals, José Pinto e Nicolas Figueiredo.

 

O empresário, que era sócio e administrador da Escom (do Grupo Espírito Santo) contou que foi ele quem convidou Álvaro Sobrinho para integrar esta sociedade, dado que a área financeira era a sua área de interesse. A advogada Ana Bruno foi convidada por ambos.

 

Sobrinho e Bataglia tinham as participações mais elevadas no capital da Akoya mas esta gestora de fortunas foi montada por Michel Canals, quando saiu do banco suíço UBS, por volta de 2009. Ricardo Salgado era um dos mais conhecidos clientes deste gestor de fortunas.

 

Neste momento, a sociedade está em "extinção", confirmou Bataglia. O Monte Branco continua em investigação judicial. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI