Indústria Bayer vai investir 5 mil milhões em alternativas ao polémico Roundup

Bayer vai investir 5 mil milhões em alternativas ao polémico Roundup

À medida que os processos judiciais relativos ao herbicida Roundup se vão acumulando - e chegam às dezenas de milhares - a Bayer investe em alternativas a este químico.
Bayer vai investir 5 mil milhões em alternativas ao polémico Roundup
Ina Fassbender/Reuters
Ana Batalha Oliveira 14 de junho de 2019 às 09:34

A alemã Bayer anunciou que pretende investir 5 mil milhões de euros na criação de soluções alternativas ao herbicida Roundup, que já motivou dezenas de milhares de acusações contra a empresa na justiça, dado os alegados efeitos cancerígenos do produto.

A farmacêutica alemã enfrenta 13.000 processos judiciais ligados ao herbicida Roundup. Recentemente, a farmacêutica foi condenada a pagar 2 mil milhões a um casal que alegou ter contraído cancro pelo uso deste produto - a terceira batalha judicial perdida pela empresa.

À medida que as derrotas judiciais se acumulam, sobretudo nos Estados Unidos, a empresa vira-se para a Europa. A Bayer prepara-se para registar o Roundup no Velho Continente, mas diz querer oferecer mais opções aos agricultores, o que justifica o investimento de 5 mil milhões.

"Ainda que o glifosato continue a ter um papel importante na agricultura e no portefólio da Bayer, a empresa está empenhada em oferecer mais escolhas", declarou a empresa esta sexta-feira, 14 de junho.

A Bayer considera que os veredictos têm sido "excessivos e injustificáveis". Os analistas apontam para custos de 10 mil milhões associados à resolução dos processos. As contendas legais foram herdadas pela farmacêutica após concretizada a aquisição da Monsanto, em junho do ano passado, por 63 mil milhões de dólares. A empresa alemã já perdeu cerca de 40% do respetivo valor em bolsa desde a aquisição.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI