Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bayer reduz número de despedimentos previstos até 2005

A Bayer, segunda maior fabricante de medicamentos da Alemanha, vai limitar o número de despedimentos naquele país, para três mil até 2005, contra o corte de quatro mil, anteriormente previsto, em resultado de um acordo com os trabalhadores, anunciou hoje

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 12 de Julho de 2004 às 13:14
  • Partilhar artigo
  • ...

A Bayer, segunda maior fabricante de medicamentos da Alemanha, vai limitar o número de despedimentos naquele país, para três mil até 2005, contra o corte de quatro mil, anteriormente previsto, em resultado de um acordo com os trabalhadores, anunciou hoje a companhia.

Os cortes são parte do plano da empresa, que tem como objectivo a eliminação de 14 mil postos de trabalho a nível mundial até 2005. A Bayer tinha inicialmente planeado o corte de 15 mil empregos, mas reduziu o número, uma vez que separou o negócio de químicos para uma empresa independente, a Lanxess.

Citado pela Bloomberg, o presidente executivo, Werner Wenning, disse o mês passado que a empresa irá decidir «nas próximas semanas» se vai vender acções da Lanxess numa Oferta Pública Inicial (IPO) ou fazer o «spin off» do negócio aos accionistas existentes.

As acções da farmacêutica seguiam a cair 0,52% para os 22,76 euros.

Ver comentários
Outras Notícias