Banca & Finanças BCE analisa carteiras de negociação do Deutsche Bank, BNP e Société Générale

BCE analisa carteiras de negociação do Deutsche Bank, BNP e Société Générale

O banco central europeu pediu acesso a detalhes das carteiras de negociação de três grandes bancos, o Deutsche, o BNP e a Société Générale. As conclusões serão reveladas em breve.
BCE analisa carteiras de negociação do Deutsche Bank, BNP e Société Générale
Bruno Simão
Ana Batalha Oliveira 13 de junho de 2018 às 12:10
O Banco Central Europeu (BCE) tem estado a analisar três das maiores carteiras de negociação da Zona Euro, que pertencem ao Deutsche Bank, BNP Paribas e à Société Général, avança a Bloomberg.

A instituição liderada por Mario Draghi pediu informações aos três bancos acerca da forma como avaliam as obrigações, os títulos accionistas e os seus derivados. O BCE estará agora próximo da fase de retirar conclusões desta análise, indicaram as mesmas fontes, que preferiram não ser identificadas. 

Este escrutínio não é algo que o banco central se tenha esforçado por manter sigiloso. Já era conhecida a intenção da entidade de perceber como os bancos utilizam a margem que lhes é dada para avaliar tanto os activos como a dívida de difícil valoração. Daniele Nouy, uma dos presidentes do Conselho de Supervisão do BCE, anunciou há um mês que o banco ia actuar através de um controlo reforçado e inspecções locais. 

Estes instrumentos de nível financeiro, classificados como de nível 3, representam menos de 1% do total de activos dos bancos da Zona Euro. Contudo, a supervisão torna-se relevante quando considerado o a potencial ameaça à estabilidade financeira do bloco. 





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
pub