Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP com exposição de 4 milhões à Parmalat

O BCP tem uma exposição à Parmalat Finanziaria, no valor de quatro milhões de euros. Contactado pelo Jornal de Negócios, fonte oficial da instituição adiantou que se tratam de acções da casa-mãe e que “esta posição se encontra provisionada e reflectida na

Sílvia de Oliveira 15 de Janeiro de 2004 às 08:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O BCP tem uma exposição à Parmalat Finanziaria, no valor de quatro milhões de euros. Contactado pelo Jornal de Negócios, fonte oficial da instituição adiantou que se tratam de acções da casa-mãe e que “esta posição se encontra provisionada e reflectida nas contas de 2003”.

O mesmo responsável escusou-se, porém, a adiantar pormenores sobre o seu envolvimento com a Parmalat no que respeita a crédito concedido, alegando deveres de confidencialidade.

Ao que o Jornal de Negócios apurou, o BCP, tal como outros bancos portugueses, tem, de facto, créditos junto da Parmalat Portugal num montante de cerca de 15 milhões de euros. Tratam-se, porém, segundo fontes contactadas, de créditos que estão garantidos.

Também o BES admite alguma exposição à Parmalat, mas fonte oficial do banco garante “serem valores residuais”, quer ao nível da gestão de activos, quer ao nível do crédito. O mesmo responsável escusou-se a divulgar montantes.

Por sua vez, José Amaral, administrador do BPI, que tinha sido contactado na semana passada, adiantou ao Jornal de Negócios que o BPI “não tem qualquer exposição na Parmalat Portugal”. A CGD não respondeu, mas fontes adiantaram que o banco estatal também tem relações creditícias com a Parmalat Portugal.

Ver comentários
Outras Notícias