Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP e FIEP subscrevem aumento capital da holding de Salvador Caetano para 157,2 milhões

O Banco Comercial Português e o FIEP subscreveram o aumento de capital para 157,2 milhões de euros, da Fogeca, «holding» do Grupo Salvador Caetano, que vai investir 250 milhões de euros em Espanha.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 07 de Janeiro de 2003 às 16:09
  • Partilhar artigo
  • ...
O Banco Comercial Português, através do BCP Capital e do BCP Investimento, e o FIEP subscreveram o aumento de capital da Fogeca, «holding» do Grupo Salvador Caetano, para 157,2 milhões de euros. A empresa vai investir 250 milhões de euros em Espanha.

O BCP e o FIEP participaram em conjunto com 30 milhões de euros, para este aumento de capital, refere o Grupo Salvador Caetano em comunicado.

Fonte oficial da Salvador Caetano disse ao Negocios.pt que o aumento de capital foi «para 157,2 milhões de euros, totalmente subscrito por estas duas entidades».

Este aumento de capital irá servir para a internacionalização do Grupo, nomeadamente no sector automóvel em Espanha, sendo que o montante do investimento irá ascender a 250 milhões de euros.

A estratégia de expansão «assentará, numa primeira fase, na aquisição ou no estabelecimento de parcerias com operadores regionais, especialmente em Espanha, solidificando numa segunda fase, o seu crescimento orgânico», segundo a mesma fonte.

Freire de Sousa, presidente do FIEP, refere, em comunicado, que esta operação significa «ser parte de uma aposta de expansão levada a cabo por um grupo empresarial respeitado e com provas dadas».

«Este investimento é fruto do reconhecimento da clara visão e das fortes competências do Grupo Salvador Caetano, em perseguir um projecto estratégico ambicioso», disse Alexandre Magalhães, vice presidente do BCP investimento.

Este projecto também visa a realização de algumas alianças em Portugal, com o objectivo de criar uma rede nacional de retalho e serviços relacionados com o sector automóvel.

O Negocios.pt havia divulgado que a Fogeca encontra-se em negociações com os espanhóis do Santander e outras instituições para lançarem em Espanha uma rede de 100 concessões de automóveis de várias marcas, que representará um volume de vendas de 110.000 veículos em 2007.

Outras Notícias