Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP fecha a ganhar mais de 3% com possível interesse do BNP Paribas

Banco de Portugal negou proposta de aquisição do banco francês à instituição portuguesa. Contudo, não comentou uma manifestão de interesse do BNP Paribas na operação, o que sustentou a subida das acções do BCP.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 09 de Agosto de 2011 às 17:18
No dia em que o PSI-20 esteve pintado de vermelho, o BCP conseguiu estar quase sempre no verde e chegou até a ganhar quase 6%. A notícia de que o BNP Paribas terá comunicado ao Banco de Portugal o interesse em adquirir o Millennium BCP impulsionou as acções do banco liderado por Carlos dos Santos Ferreira (na foto).

O BCP encerrou a ganhar 3,31% para 0,281 euros, depois de ter ontem encerrado nos 0,272 euros, um custo por acção em que nunca tinha terminado desde que está em bolsa. Contudo, durante a sessão esteve a ganhar 5,88%, tocando nos 0,288 euros.

Os títulos do banco privado dispararam no início da sessão com a notícia avançada pelo Negócios: O francês BNP Paribas está interessado em adquirir o BCP e terá já comunicado esse interesse ao Banco de Portugal.

No entanto, essa subida acalmou e as acções da cotada desceram, por breves momentos, até ao terreno negativo, recuperando logo a seguir. A CMVM tinha pedido esclarecimentos ao banco português. “O BCP disse desconhecer qualquer contacto com vista à aquisição do banco”, disse ao Negócios uma fonte da autoridade.

A reguladora pediu também esclarecimentos ao BNP Paribas e ao Banco de Portugal. Pelas 11 horas, o último referiu à CMVM que não foi apresentada nenhuma proposta de aquisição do BCP pelo BNP Paribas.

Contudo, o Banco de Portugal não respondeu a uma pergunta do Negócios que questionava se tinha sido informado sobre o interesse de compra por parte do banco francês, a notícia que é avançada pelo jornal.

Continua assim a especulação de que o BNP está interessado nobanco português, algo que foi divulgado primeiro por Marcelo Rebelo de Sousa no Domingo.

O BCP fechou, então, a ganhar 3,31%, acompanhado apenas pela ligeira subida de 0,09% do BES. O restante sector financeiro acompanhou a queda do PSI-20, com deslizes de 0,58% do BPI e de 1,74% do Banif.

Na sessão de hoje, houve também um elevado volume de transacções de títulos do banco liderado por Carlos dos Santos Ferreira. Trocaram de mãos mais de 86,5 milhões de acções, quando a média dos últimos seis meses é de 31,4 milhões.

Ver comentários
Saber mais BCP BNP Paribas Carlos dos Santos Ferreira Banco de Portugal CMVM
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio