Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bear Stearns perde mais de 17% em bolsa

As acções da Bear Stearns, o segundo banco com maiores amortizações relacionadas com obrigações associadas ao crédito hipotecário, desceram mais de 17% em bolsa, com os investidores a recearem que a empresa o acesso a capital por parte do banco será limit

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 13 de Março de 2008 às 15:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções da Bear Stearns, o segundo banco com maiores amortizações relacionadas com obrigações associadas ao crédito hipotecário, desceram mais de 17% em bolsa, com os investidores a recearem que o acesso a capital por parte do banco será limitado.

A Bear Stearns perdia 16,45% para os 51,45 dólares no mercado nova- iorqino, depois de já ter estado a perder um máximo de 17,41% na sessão de hoje. Desde o início deste ano, as acções do banco já acumulam uma perda superior a 41%.

A grande parte das perdas da Bear Stearns é justificada pela crise de crédito de elevado risco nos EUA. O banco teve de contabilizar amortizações de activos associados ao crédito hipotecário elevadas, o que provocou prejuízos em 2007.

As estimativas apontam para que muitos bancos tenham de voltar a contabilizar novas amortizações de activos. Ainda hoje a Standard & Poor’s emitiu uma nota de análise onde prevê que as amortizações globais ascendam a 285 mil milhões de dólares.

Outras Notícias