Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Belmiro de Azevedo «lima» falhas do Grupo Sonae no Brasil

Qualquer governo, incluindo o brasileiro não deve «atrapalhar a vida dos homens de negócios», revelou ao Jornal de Negócios, o sempre crítico Belmiro de Azevedo, que dá uma trégua momentânea à actuação do governo e ao cenário macroeconómico brasileiro apr

Bárbara Leite 20 de Outubro de 2004 às 07:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Qualquer governo, incluindo o brasileiro não deve «atrapalhar a vida dos homens de negócios», revelou ao Jornal de Negócios, o sempre crítico Belmiro de Azevedo, que dá uma trégua momentânea à actuação do governo e ao cenário macroeconómico brasileiro aproveitando este período para reestruturar as actividades brasileiras, eliminando os «galhos velhos».

Mas, apesar da moderação no discurso, Belmiro alerta: «o problema é que nós temos uma vida curta. O melhor é superar depressa. Por que senão quem está, se não tem sucesso, cansa. E as empresas não são dirigidas apenas pela vontade de uma pessoa, as empresas têm que cumprir a sua função mais fundamental que é dar resultados, pagar impostos, remunerar accionistas e trabalhadores», revelou ao Jornal de Negócios, em Porto Alegre (Rio Grande do Sul).

No início do ano, Belmiro já tinha soado o alerta do eventual desinvestimento do mercado brasileiro.

(leia mais no Jornal de Negócios de hoje)

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias