Empresas Belmiro só sobe preço da OPA se encontrar petróleo no edifício da PT

Belmiro só sobe preço da OPA se encontrar petróleo no edifício da PT

Belmiro de Azevedo diz que só sobe o preço da OPA se encontrar um poço de petróleo ou diamantes debaixo de uma das sedes da Portugal Telecom. O patrão da Sonae afirma ter 99% de certeza que a oferta vai sair vencedora e afirma que a cotação alta da PT dev
Pedro Carvalho 18 de janeiro de 2007 às 22:24

Belmiro de Azevedo diz que só sobe o preço da OPA se encontrar um poço de petróleo ou diamantes debaixo de uma das sedes da Portugal Telecom. O patrão da Sonae afirma ter 99% de certeza que a oferta vai sair vencedora e afirma que a cotação alta da PT deve-se a uma bolha especulativa dos minoritários.

No programa da RTP 1, "Grande Entrevista", Belmiro de Azevedo voltou hoje a afirmar que o preço da oferta pública de aquisição (OPA) de 9,50 euros é para manter.

Segundo o responsável máximo pelo grupo que está lançar uma OPA à Portugal Telecom (PT) [PTC], o cenário de uma revisão em alta da contrapartida só se coloca se "encontrar petróleo ou diamantes numa das várias sedes da PT", acrescentando que o sucesso da operação já "não está dependente do preço".

"Pago mais se descobrir um poço de petróleo debaixo do edifício", reiterou.

Quando questionado sobre o facto das acções estarem a negociar acima da contrapartida da OPA (hoje a PT fechou nos 10,24 euros), Belmiro de Azevedo afirmou que "a bolha no preço é claramente especulativa".

Sobre as reivindicações de alguns accionistas que querem mais dinheiro para venderem as suas acções, o presidente do grupo diz que "as pessoas que aparecem agora a reclamar não tem nada a ver com a PT. São puros especuladores".

Os investidores institucionais, segundo Azevedo, "não vão na conversa da pedinchice".

Azevedo acrescenta ainda que para quem abandonar a PT, "a melhor altura para sair é agora. As pessoas inteligentes e racionais já venderam agora".

De acordo com o mesmo responsável o facto da PT estar a negociar acima dos 9,50 euros tem a ver com muitas transacções, mas que estão a ser feitas pelos pequenos accionistas.

O presidente fez um discurso confiante sobre a OPA, dizendo que tem 99% de certeza que vai ganhar a OPA. "Dizer mais 1% seria arrogância da minha parte".




Marketing Automation certified by E-GOI