Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES com necessidades de capital de 810 milhões antes do aumento de capital

Montante não tem ainda em conta o reforço de capital que o banco efectuou depois de 30 de Setembro.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 08 de Dezembro de 2011 às 17:30
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
As necessidades de capital do Grupo BES, de acordo com os resultados dos testes de stress conduzidos pela Autoridade Bancária Europeia (EBA, na sigla inglesa), totalizam 810 milhões de euros.

De acordo com o comunicado do banco publicado na CMVM, deste valor, 121 milhões de euros corresponde “buffer de capital temporário para as exposições soberanas”.

Tendo em conta os valores preliminares divulgados em Outubro, as necessidades de capital identificadas para o BES na altura eram de 687 milhões de euros.

O banco lembra que já depois de 30 de Setembro, data utilizada para estes testes de “stress” hoje divulgados, o banco procedeu a um reforço de capital “com entradas em espécie, resultantes de uma oferta pública de troca de valores mobiliários, que permitiu um reforço total do Core Tier I de 622 milhões de euros”.

Assumindo este reforço, o valor das necessidades de capital, para atingir até Julho do próximo ano, baixam para 188 milhões de euros.

O BES revela ainda que, em 30 de Setembro de 2011, detinha um montante de dívida pública europeia de 3,6 mil milhões de euros (4% do total do Activo), constituída por exposição soberana a Portugal, da qual 84% com maturidade até 1 ano.

Depois do reforço de capital efectuado recentemente, o administrador financeiro do BES, Amílcar Pires, garantiu que o BES não precisaria de recorrer a dinheiros públicos para se recapitalizar e colocar o “core tier one” nos 9%.

Ver comentários
Outras Notícias