Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES ganha mais de 2% e fixa máximo de 1998 nos 16,20 euros (correcção)

As acções do Banco Espírito Santo (BES) fixaram um novo máximo desde Abril de 1998, depois de uma subida de mais de 2%. Os títulos do banco liderado por Ricardo Salgado mantêm assim a toada ascendente da semana passada, suportada por constantes revisões e

Paulo Moutinho 07 de Maio de 2007 às 12:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

(Corrige data do máximo que é de Abril de 1998 e não histórico)

As acções do Banco Espírito Santo (BES) fixaram um novo máximo desde Abril de 1998, depois de uma subida de mais de 2%. Os títulos do banco liderado por Ricardo Salgado mantêm assim a toada ascendente da semana passada, suportada por constantes revisões em alta das avaliações dos bancos de investimento.

Os títulos do BES [besnn] iniciaram a sessão em alta, tendo acentuado essa tendência a meio da manhã. As acções do banco seguem a negociar nos 16,19 euros, tendo subido um máximo de 2,21% para o valor mais elevado desde Abril de 1998, de 16,20 euros, atingindo um valor de mercado de 8.095 milhões de euros.

Os investidores estão a fazer reflectir no preço das acções do BES a subida do preço-alvo de 16,00 euros para 18,00 euros por acção efectuada hoje pelo ING, que manteve inalterada a recomendação de "comprar".

Com a revisão da avaliação das acções por parte do ING sobe para seis o número de bancos e casas de investimento que aumentaram os seus preços-alvo para as acções do banco liderado por Ricardo Salgado, depois da apresentação dos resultados trimestrais.

O Millennium bcp investimento foi o primeiro a pronunciar-se sobre os "bons resultados" do banco e a actualizar a avaliação das acções da instituição. Seguiram-se a Keefe, Bruyette &Woods, a Euromobiliare e o Citigroup. A fechar a semana, a Chevreux veio dar mais um empurrão ao BES (ver tabela em baixo).

As recomendações positivas dos analistas levaram o BES a registar fortes ganhos, na semana passada. No total das sessões, os títulos do banco registaram uma valorização de mais de 8%.

Outras Notícias