Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES lucra 96,1 milhões de euros em 2012

O BES fechou o ano passado com um lucro de 96,1 milhões de euros, num período em que o produto bancário cresceu 32,2%.

13 - Ricardo Salgado, BES. 0,54%
Negócios 05 de Fevereiro de 2013 às 18:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O resultado líquido do BES foi de 96,1 milhões de euros, em 2012, o que compara com o prejuízo de 108,8 milhões de euros registado no ano anterior - num período marcado por provisões e amortizações relacionadas com a Grécia.

 

A contribuir para os resultados esteve o aumento de 32,2% do produto bancário que totalizou 2,58 mil milhões de euros. Já as receitas progrediram 1,8% face ao anterior, para 1.149,1 milhões de euros, permitindo um crescimento de 74,2% do resultado bruto do banco.

 

O aumento do produto bancário foi suportado área de operações financeiras e diversos, que contribuiu em 596,5 milhões de euros para o produto do banco em 2012, enquanto, em 2011, tinha dado um contributo negativo de 21,9 milhões de euros.

 

O produto bancário da área comercial cresceu 1,9% para mais de dois mil milhões de euros graças ao contributo das receitas com serviços a clientes que foram de 828,4 milhões de euros, mais 4,8% do que no ano passado.

 

Pela negativa destaca-se a evolução das provisões, que cresceram 41,4% para 1.199,4 milhões de euros, levando o resultado antes de impostos a saldar-se em 230,6 milhões de euros. 

 

Actividade internacional explica mais de 90% dos lucros

 

O resultado líquido da actividade internacional do BES ascendeu a 87,6 milhões de euros em 2012, sendo assim responsável por 91,2% do resultado líquido do banco.

 

Os lucros relativos à actividade internacional caíram 45,5% face ao resultado de 160,8 milhões de euros, revelou o comunicado divulgado junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Na área internacional, o BES viu o produto bancário contrair 2,0% para 652,5 milhões de euros e os custos operacionais aumentarem 9,3%.

 

Também a contribuir de forma negativa para o resultado nesta área estiveram as provisões criadas, que aumentaram de 69,8 milhões de euros para 225,9 milhões.

 

Excluindo impactos não recorrentes, BES teria lucros de quase 200 milhões

 

No comunicado divulgado esta tarde, o banco faz ainda a análise dos impactos não recorrentes que as contas do banco sofreram em 2012.

 

Se, em 2011, sem o impacto das perdas extraordinárias de 275,4 milhões, o BES teria tido um resultado líquido de 166,6 milhões, em 2012, esse resultado teria crescido 17% para 194,9 milhões de euros.

 

Em 2012, as contas do banco sofreram o impacto da compra da participação que permitiu ao banco obter o controlo da seguradora BES Vida no valor de 54,1 milhões de euros. Além disso, teve de inscrever perdas de 55,1 milhões de euros no valor da carteira de crédito imobiliário em virtude do programa de inspecções feitas aos bancos. No ano anterior, o impacto foi de 275,4 milhões de euros, sendo 76,1 milhões explicados pela transferência do fundo de pensões para o Estado, 143,9 milhões explicados por perdas na participação na BES Vida e pela venda de créditos de 55,4 milhões de euros. 

 

(Notícia actualizada às 19h com mais detalhes sobre os resultados)

Ver comentários
Saber mais BES resultados banca
Outras Notícias