Tecnologias Bi4all duplica lucro para 1,5 milhões em 2018

Bi4all duplica lucro para 1,5 milhões em 2018

A Bi4all duplicou os seus lucros no ano passado. O presidente executivo da tecnológica revelou ainda que as receitas aumentaram 28%. Para este ano, a empresa espera aumentar em 39% a faturação, para os 16 milhões de euros.
Bi4all duplica lucro para 1,5 milhões em 2018
DR
Pedro Curvelo 16 de abril de 2019 às 11:38

A empresa tecnológica Bi4all fechou 2018 com lucros de 1,5 milhões de euros, duplicando os resultados obtidos no ano anterior, revelou esta terça-feira José Oliveira, CEO da empresa, num encontro com jornalistas.

 

O volume de negócios cresceu 28%, para os 11,5 milhões de euros, tendo o EBITDA duplicado para dois milhões.

 

A empresa especializada em serviços de "analytics" e "big data", que celebra este ano o 15.º aniversário, terminou o ano com 196 colaboradores, mais 51 do que um ano antes.

O mercado nacional representou 52% da faturação da Bi4all, tendo registado um crescimento de 24%, correspondente a mais 1,1 milhões de euros. Já o mercado internacional registou uma aceleração de 36%, ou 1,5 milhões de euros, passando a representar 48% do total, mais um ponto percentual do que em 2017.

O ano passado ficou marcado também pela abertura do primeiro centro de "nearshore" (em que as empresas deslocalizam a parte das tecnologias de informação para países próximos ou com maiores afinidades culturais) da empresa. O centro "nearshore" da Bi4all conta com mais de 100 pessoas a trabalhar e tem clientes como a Johnson & Johnson, MetLife e Algeco.

Em termos de setores dos seus clientes, as farmacêuticas representam 37% da faturação, seguindo-se a banca, com 12%, e os transportes, com 11%. José Oliveira destaca a importância para a Bi4all de não estar dependente de um leque reduzido de clientes, o que a tornaria "vulnerável", mas também a diversificação de setores.

No ano passado, a Bi4all abriu um novo pólo no Grande Porto, no TecMaia, o qual conta atualmente com 11 colaboradores.

Para este ano, José Oliveira refere que as expetativas são de que as receitas atinjam os 16 milhões de euros, o que representa uma subida de 39%.

A empresa espera duplicar o número de colaboradores para cerca de 400 no espaço de dois anos, estando previstas 70 contratações este ano, indicou ainda o CEO.

(Notícia atualizada às 11:46 com mais informação)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI