Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bial prevê lançar terceiro medicamento de raiz portuguesa até 2022

Com vendas de 230 milhões de euros, dois terços dos quais gerados no exterior, a Bial investe cerca de 50 milhões anuais em I&D e prevê lançar o seu terceiro medicamento no mercado mundial dentro de “quatro a cinco anos”.

Depois do Zebinix e do Ongentys, o CEO António Portela sinaliza que o terceiro medicamento da Bial deverá ser lançado no mercado mundial dentro de "quatro a cinco anos". Amândia Queirós/Cofina
Rui Neves ruineves@negocios.pt 23 de Janeiro de 2017 às 21:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Entrar na sede da Bial, na Trofa, significa aceder a uma Babel de mais de uma centena de investigadores de nove nacionalidades distintas, que investigam novas soluções de tratamento nas áreas das neurociências e cardiovascular.

Nos últimos 25 anos, a maior farmacêutica nacional sintetizou mais de 12 mil novas moléculas, das quais seis estão patenteadas, tendo duas delas resultado na criação dos primeiros dois medicamentos ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Bial medicamentos Zebinix Ongentys António Costa primeiro-ministro Luís Portela António Portela indústria farmacêutica contrafacção patentes
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias