Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Blackrock aumenta participação nos CTT para 3%

O fundo de investimento norte-americano alargou a sua presença na empresa portuguesa e detém agora 3% da cotada.

Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 14 de Novembro de 2019 às 18:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O fundo de investimento Blackrock reforçou a sua posição no operador postal CTT-Correios de Portugal e passou a deter 3% de participação na empresa liderada por João Bento, segundo um comunicado enviado esta quinta-feira, de 14 de novembro, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A nova participação do Blackrock, com sede em Washington, nos Estados Unidos, representa um total de 4.496.864 acções. Anteriormente, este fundo detinha 2,62% da empresa.

Há cerca de um ano, o Blackrock possuia 2,05% da operadora de correios nacional, num total de 3.072.704 acções.

Os CTT fecharam o dia a cai 0,76% para os 3,13 euros por ação. Apesar disso a empresa de João Bento regista uma subida de 7,88% durante este ano, com o valor das ações a disparar principalmente no início do terceiro trimestre. A partir do primeiro dia de outubro até à sessão de hoje os CTT já subiram 54,57%. 

A melhoria dos lucros e os bons resultados do plano de reestruturação têm puxado pelas ações dos CTT. No entanto, as perspetivas desanimadoras para o segmento dos correios e o impacto negativo dos juros negativos no negócio da banca são alguns dos riscos.



Ver comentários
Saber mais CTT-Correios Blackrock João Bento CTT Portugal CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários participação
Mais lidas
Outras Notícias