Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas asiáticas penalizadas pelo sector mineiro e petrolífero

As principais praças asiáticas encerraram a sessão de hoje em queda. Os índices foram penalizados pelas quedas das empresas do sector mineiro e petrolífero que reagiram negativamente à descida das cotações das matérias-primas nos mercados internacionais.

Paulo Moutinho 28 de Novembro de 2007 às 07:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais praças asiáticas encerraram a sessão de hoje em queda. Os índices foram penalizados pelas quedas das empresas do sector mineiro e petrolífero que reagiram negativamente à descida das cotações das matérias-primas nos mercados internacionais.

O MSCI Asia-Pacific recuou 0,2% para 157,59 pontos, tendência acompanhada pelo Topix que desvalorizou 0,21% para os 1.475,64 pontos e pelo Nikkei 225 que encerrou a sessão em queda de 0,45%. Os "benchmark" da Coreia do Sul, Taiwan, China e Austrália também perderam valor.

Para a descida das bolsas asiáticas contribuiu a desvalorização do petróleo e dos metais preciosos nos mercados internacionais, o que acabou por penalizar as empresas do sector, com a BHP Billiton, a maior mineira do mundo, a ser uma das mais afectadas, recuando mais de 1,5%.

A Rio Tinto desceu 0,6%, já a PetroChina, a maior petrolífera da China, fechou em queda de 0,8%. A maior companhia de exploração de petróleo do Japão, a Inpex Holdings, encerrou o dia a desvalorizar 3,4% para 1,4 milhões de ienes.

As acções da Sinotruck, uma fabricante de maquinaria pesada, afundaram mais de 16% no primeiro dia de negociação, sendo a segunda nova cotada a registar tal performance na estreia em Hong Kong.

Ver comentários
Outras Notícias