Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas japonesas encerram com quedas superiores a 1%

As praças japonesas terminaram a sessão com quedas superiores a 1%, penalizadas por indicadores negativos tanto nos EUA, como no Japão, que vieram aumentar os receios de abrandamento do ritmo de crescimento das duas maiores economias mundiais. A fabricant

Paulo Moutinho 28 de Dezembro de 2007 às 07:44
  • Partilhar artigo
  • ...

As praças japonesas terminaram a sessão com quedas superiores a 1%, penalizadas por indicadores negativos tanto nos EUA, como no Japão, que vieram aumentar os receios de abrandamento do ritmo de crescimento das duas maiores economias mundiais. A fabricante de automóveis Toyota liderou as perdas.

O Nikkei 225 recuou 1,65% para 15.307,78 pontos, enquanto o Topix perdeu 1,62% para fechar nos 1.475,68 pontos, nesta que foi a última sessão deste ano. O MSCI Asia-Pacific recuava para 0,6% para 156,16 pontos, uma tendência acompanhada pela generalidade das praças financeiras da região.

A penalizar os mercados estiveram os dados revelados nos EUA, com as encomendas de bens duradouros a aumentarem menos do que o esperado. Este indicador provocou uma forte quebra das companhias exportadoras, como a Toyota que deslizou mais de 2% para 6.040 ienes, e a Samsung que cedeu 1,4%.

A forte subida na taxa de inflação do Japão e a quebra nos gastos dos consumidores no país também penalizaram as praças. A Yamada Denki, a maior retalhista de bens de consumo electrónico do Japão a ceder quase 3%.

Ver comentários
Outras Notícias