Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI confirma ida ao Novo Banco mas refugia-se na confidencialidade

Das mãos de Fernando Ulrich saiu a assinatura no acordo de confidencialidade com o Fundo de Resolução. Por isso, o líder do BPI não faz comentários sobre o Novo Banco, a não ser a confirmação dessa assinatura. 

Bruno Simão/Negócios
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 26 de Julho de 2016 às 17:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Fernando Ulrich confirma que o Banco BPI é um dos finalistas na corrida pelo Novo Banco, sendo uma das quatro propostas que foram apresentadas ao Fundo de Resolução.

 

"Confirmo que é verdade", assumiu Ulrich na conferência de imprensa de apresentação de resultados do primeiro semestre, em que o banco alcançou lucros de 105,9 milhões de euros.

 

Contudo, mais que isso, o presidente executivo do BPI não quis comentar: "É verdade que o BPI assinou um compromisso de confidencialidade com o Fundo de Resolução para ter acesso a informação e poder estudar o dossiê".

 

Com esse compromisso de confidencialidade, não há considerações: "Não lhe faço nenhum comentário sobre o Novo Banco".  


Ulrich não quis esclarecer qual o impacto desta possível operação de compra nos prazos da oferta pública de aquisição lançada pelo CaixaBank, escudando-se na sua própria assinatura deixada no acordo de confidencialidade.

 

Tem sido esta a postura de Fernando Ulrich em relação à instituição herdeira do Banco Espírito Santo. Já no ano passado, no primeiro concurso internacional, o BPI tinha corrido pelo banco, mas acabou por ficar pelo caminho. 

Ver comentários
Saber mais BPI Novo Banco banca Fundo de Resolução Fernando Ulrich
Mais lidas
Outras Notícias