Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI e BFA vão apoiar exportações da China para Angola

O BPI, o Banco de Fomento de Angola (BFA) e o Banco da China assinam no dia 24 de Setembro dois protocolos de cooperação - o primeiro prevendo a abertura de uma linha de crédito de 100 milhões de dólares para apoio às exportações da China para Angola e o

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 22 de Setembro de 2006 às 17:26
  • Partilhar artigo
  • ...

O BPI, o Banco de Fomento de Angola (BFA) e o Banco da China assinam no dia 24 de Setembro dois protocolos de cooperação - o primeiro prevendo a abertura de uma linha de crédito de 100 milhões de dólares para apoio às exportações da China para Angola e o segundo destinado a facilitar as transferências de imigrantes chineses em Angola.

"Na nova linha de crédito, o BFA actuará como banco emitente de créditos documentários de importação relativamente aos seus clientes angolanos e o Banco da China (Macau) como banco notificador, operando o BPI como eventual banco confirmador", anunciou em comunicado o banco liderado por Fernando Ulrich.

No âmbito do protocolo de transferência de imigrantes, o BFA preparou um formulário bilingue e acordou, com a sucursal de Macau do Banco da China, os procedimentos e as condições do serviço a desenvolver em termos concorrenciais com as alternativas existentes.

"Os dois protocolos reflectem a importância de Macau como plataforma de cooperação nas relações comerciais entre a China e os países de expressão portuguesa que, no caso específico de Angola, tem registado um crescimento significativo nos anos mais recentes", salienta o comunicado.

A linha de crédito para apoio à exportação é a segunda criada pelo BPI, sendo a primeira a linha de crédito Angola Express, no montante de 150 milhões de dólares, destinada a empresas exportadoras que sejam clientes do BPI em Portugal e cuja contraparte angolana seja cliente do BFA.

Outras Notícias