Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI efectua aumento de capital de 350 milhões de euros (act.)

O Banco BPI anunciou hoje que o seu conselho de administração aprovou a realização de um aumento de capital através do qual pretende encaixar 350 milhões de euros. A operação visa repor os rácios de capital, mas o banco admite continuar a vender activos f

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 06 de Março de 2008 às 18:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Banco BPI anunciou hoje que o seu conselho de administração aprovou a realização de um aumento de capital através do qual pretende encaixar 350 milhões de euros. A operação visa repor os rácios de capital, mas o banco admite continuar a vender activos financeiros.

O banco liderado por Fernando Ulrich anunciou esta tarde que vai propor um aumento de capital de 350 milhões de euros na próxima assembleia geral de accionistas, que vai decorrer no dia 23 de Abril, de acordo com um comunicado hoje divulgado para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No dia em que o BPI apresentou os resultados referentes a 2007, Ulrich afirmou que uma das possibilidades para melhorar os rácios do banco seria através de um aumento de capital, confirmando-se hoje a operação.

O banco terminou 2007 com um rácio "core Tier1" de 5%, o que compara com os 5,9% verificados em 2006. O objectivo do banco é que este rácio se situe acima dos 5,5%.

Venda de activos financeiros não está excluída

No mesmo comunicado, o BPI revela que o aumento de capital é suficiente para cobrir as necessidades relacionadas com os fundos próprios. Contudo, a venda de activos financeiros não está excluída.

"O conselho de administração considera que este aumento de capital, só por si, é inteiramente adequado para responder às necessidades de fundos próprios do banco, independentemente da contribuição da venda de activos financeiros que venha a ser realizada", pode ler-se no comunicado.

As posições de cerca de 4% na Galp Energia e de 7,8% no BCP detidas pelo BPI poderão fazer parte dos activos financeiros a vender. Além disso, tem sido noticiado a possibilidade do banco vender a participação de 49% no Banco Fomento de Angola (BFA).

Fonte oficial do BPI afirmou ao Jornal de Negócios que a venda de activos financeiros não está excluída, não com o objectivo de melhorar os rácios mas porque a negociação para a venda de activos já está em curso.

Este é assim o terceiro banco nacional a anunciar um aumento de capital para melhorar os rácios. O primeiro foi o Banco Comercial Português (BCP), que vai propor aos seus accionistas um aumento de capital de 1,3 mil milhões de euros, em parte para cobrir as perdas relacionadas com as operações "offshore".

O segundo foi o Banif que vai aumentar o seu capital em 100 milhões de euros.

As acções do BPI [bpin] encerraram a sessão de hoje a subir 3,34% para os 3,56 euros.

Ver comentários
Outras Notícias