Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI já reembolsou mais 200 milhões de euros da ajuda estatal

O BPI já pagou mais 200 milhões de euros do dinheiro que o Estado injectou no banco para se recapitalizar e atingir as metas do rácio de solvabilidade.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 13 de Março de 2013 às 17:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...

O BPI “comprou hoje ao Estado Português 200 milhões de euros de obrigações subordinadas de conversão contingente (CoCo), depois de obtida a autorização do Banco de Portugal”, de acordo com o comunicado emitido para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

A devolução deste montante era já conhecida, já que Fernando Ulrich quando apresentou os resultados de 2012 anunciou que o banco ia antecipar o pagamento de mais 200 milhões de euros.

 

O BPI reduz assim a ajuda do Estado para 1.000 milhões de euros, depois de ter recebido 1.500 milhões de euros. Desde então já amortizou por três vezes. A primeira no Verão, quando aumentou o capital através de accionistas privados (200 milhões), a segunda em Dezembro (100 milhões) e esta quarta-feira voltou a reembolsar 200 milhões de euros.

 

O BPI explica no comunicado que, tendo em consideração os juros cobrados pelo Estado por esta ajuda, o Tesouro encaixará cerca de 52 milhões de euros por ano pelos 1.000 milhões de euros da ajuda remanescente.

 

O banco liderado por UIrich acrescenta, no comunicado, que se as regras da EBA fossem actualizadas com base actual exposição do Banco BPI à dívida soberana e aos preços actuais da mesma, “as necessidades temporárias de capital diminuiriam de 1 184 milhões de euros em 30 de Setembro de 2011 para 493 milhões de euros em 12 de Março de 2013, o que permitiria o reembolso adicional de 691 milhões de euros de obrigações subordinadas de conversão contingente subscritas pelo Estado.”

Ver comentários
Saber mais BPI reembolso Estado ajuda do Estado
Mais lidas
Outras Notícias