Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI não comenta remédios da AdC para evitar o arrastar da OPA do BCP

O Conselho de Administração do Banco BPI realizou ontem uma reunião ordinária, que foi aproveitada para apreciar o projecto de decisão da Autoridade da Concorrência (AdC) relacionado com a oferta pública de aquisição (OPA) do Banco Comercial Português (BC

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Conselho de Administração do Banco BPI realizou ontem uma reunião ordinária, que foi aproveitada para apreciar o projecto de decisão da Autoridade da Concorrência (AdC) relacionado com a oferta pública de aquisição (OPA) do Banco Comercial Português (BCP). O banco decidiu não se pronunciar para assim não adiar a OPA.

O banco liderado por Fernando Ulrich publicou uma carta enviada à AdC onde diz que na reunião de ontem o conselho "deliberou por unanimidade não se pronunciar sobre o teor do projecto de decisão da Autoridade da Concorrência".

A decisão de não se pronunciar sobre o projecto da AdC foi tomada de forma unânime. E ao assumir uma postura de não comentar os remédios negociados entre a AdC e o BCP, o banco liderado por Fernando Ulrich abre as portas para uma decisão mais célere por parte de Abel Mateus, já que num cenário de crítica ao projecto de decisão, a AdC poderia levar mais tempo a concluir o projecto de decisão final, o que implicaria um arrastar no desfecho da OPA.

Outras Notícias