A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI, Optimus e Universidade Nova apresentam 2ª edição do prémio nacional de empreendedorismo

Foi hoje apresentada a 2.ª edição do Start, prémio nacional de empreendedorismo. Uma iniciativa organizada pelo BPI, Optimus e Universidade de Lisboa. Este ano o Start distribuirá prémios no valor de 300 mil euros, sendo que o primeiro classificado ganhar

Teresa Cotrim tcotrim@mediafin.pt 14 de Dezembro de 2007 às 14:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Foi hoje apresentada a 2.ª edição do Start, prémio nacional de empreendedorismo. Uma iniciativa organizada pelo BPI, Optimus e Universidade de Lisboa. Este ano o Start distribuirá prémios no valor de 300 mil euros, sendo que o primeiro classificado ganhará 50 mil euros, valor que será incorporado no capital social da empresa.

O vencedor receberá ainda comunicações Optimus, condições preferenciais de crédito no BPI e licença e manutenção da OutSystems Platform Professional Edition. Os restantes finalistas terão também acesso a comunicações Optimus e condições de crédito para empreendedores com "spreads" mais vantajosos. Mais: todos os semifinalistas poderão frequentar um curso de gestão para Start-ups patrocinado pela Faculdade de Economia e Universidade Nova de Lisboa e pelo IAPMEI.

O prazo para apresentar o projecto ao Prémio Nacional de Empreendedorismo Start (www.PrémioStart.Com) é até 10 de Março.

Após a selecção do júri entra-se numa segunda fase, que implica a apresentação de um plano de negócio. Entre os melhores oito "business plan" será seleccionado o vencedor. Podem concorrer pessoas de qualquer nacionalidade mas a localização do centro de operações terá de ser em Portugal.

No ano passado esta iniciativa recebeu mais projectos nas áreas de biotecnologia, IT e energia. Ao todo concorreram 509 projectos. As idades situaram-se nos 30 anos e apareceram projectos de várias zonas do país. Foram seleccionados oito. Segundo Artur Santos Silva, presidente do Conselho de Administração do BPI e Presidente do Júri do Start a ambição do Start é ser o "melhor prémio de empreendedorismo do país", além disso tem a mais-valia de contar com gestores já com amplo "know how" e muito conhecimento de gestão e novos negócios.

Este ano mudaram de parceiro. O ano passado foi a Microsoft quem alinhou neste projecto. Este ano o BPI deu a mão à Sonae.Com. "É uma excelente parceria, pois a Sonae.com é um braço inovador. É uma escola que motiva o espírito empreendedor", refere. Luís Filipe Reis, COO da Sonae.Com acrescenta que a Sonae.Com acentua a tónica nacional do prémio, é também uma empresa que se preocupa com a responsabilidade social e com a sustentabilidade. Daí querer participar no estímulo do empreendedorismo.

Mais lidas
Outras Notícias