Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI precisa de 1,389 mil milhões e admite recorrer à linha da troika (act)

Necessidades de capital do banco liderado por Fernando Ulrich baixaram face ao valor divulgado em Outubro.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 08 de Dezembro de 2011 às 17:06
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
O Banco BPI anunciou esta tarde que o reforço de capital a realizar até 30 de Junho de 2012 ascende a 1,389 mil milhões de euros, de acordo com o exercício realizado pela EBA.

Este valor representa uma redução face ao valor preliminar de 1,72 mil milhões de euros divulgado a 27 de Outubro.

O BPI, em comunicado à CMVM, diz que “vai analisar todas as opções de que dispõe para concretizar este reforço de capital, incluindo a utilização da linha de recapitalização de 12 mil milhões de euros, disponível para os bancos portugueses no âmbito do programa de ajustamento acordado”.

Esta posição tinha também já sido assumida pelo banco liderado por Fernando Ulrich, quando o valor preliminar tinha sido revelado.


No comunicado de hoje, o BPI acrescenta que do total das necessidades de capital, 989 milhões de euros respeitam a dívida soberana portuguesa.

“O Banco BPI assegurará que, no final de Junho de 2012, o seu rácio de Core Tier I cumprirá o requisito mínimo de 9%. Para esse efeito, de acordo com o definido pela EBA, o Banco submeterá o respectivo plano de recapitalização ao Banco de Portugal, até 20 de Janeiro de 2012”, acrescenta o comunicado do BPI.

“Oportunamente o Conselho de Administração do Banco BPI divulgará o programa de actuação que submeterá à consideração dos Accionistas”, adianta.



Ver comentários
Saber mais BPI EBA
Outras Notícias