Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI sobe mais de 3,5% com liquidez elevada

Os resultados apresentados ontem pelo BPI estão a ser bem recebidos pelos investidores, com as acções a registarem o maior ganho desde que o ministro das Finanças admitiu que o sector bancário nacional pode ser alvo de fusões.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 22 de Julho de 2010 às 15:12
O BPI está a subir 3,68% para 1,606 euros, depois de ontem ter anunciado um aumento dos lucros do primeiro semestre de 11,8%, quando as estimativas dos analistas consultados pela Reuters apontavam para uma quebra de 5%.

Além dos números terem ficado acima do esperado pelos analistas, hoje o presidente do BPI, Fernando Ulrich, afirmou que os resultados do banco nos testes de resistência que estão a ser feitos à banca "são bons", o que acalma os receios dos invetisdores com potenciais problemas financeiros.

A subida das acções está ainda a ser acompanhada por um volume elevado. Até às 15h02m, tinham sido negociadas 1,46 milhões de acções do BPI, o que compara com uma média diária de 1,25 milhões registada nos últimos seis meses. Ontem, por exemplo, foram transaccionados 467,1 mil títulos do banco, com os investidores a aguardarem a divulgação dos números do primeiro semestre do ano.

A subida de hoje é, inclusivamente, a maior das acções do banco liderado por Fernando Ulrich desde os rumores de fusões no sector bancário nacional e do reforço da posição do La Caixa no capital do BPI.

No dia 26 de Maio, as acções do BPI fecharam a subir mais de 10%. Nesse dia ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, admitiu hoje que o sector bancário nacional possa ser alvo de um movimento de concentrações, quando a crise terminar. “É possível que no final desta crise possamos ter alguns ajustamentos desse tipo”, afirmou naquela altura o ministro em entrevista à CNBC.

Na semana anterior, as acções do BPI registaram uma subida igualmente acentuada, devido a rumores de que o La Caixa estaria a reforçar a sua posição no capital do banco.


Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio