Indústria Bracarense Cachapuz junta 500 euros para dentes a outros 500 por filho

Bracarense Cachapuz junta 500 euros para dentes a outros 500 por filho

A líder nacional no setor de pesagem industrial Cachapuz, que é detida pela italiana Bilanciai, reforçou os benefícios extra-salariais que dá aos seus 60 trabalhadores, com a atribuição de um seguro de saúde que inclui 500 euros para despesas em medicina dentária.
Bracarense Cachapuz junta 500 euros para dentes a outros 500 por filho
Rui Neves 23 de março de 2019 às 14:42

Detida desde 2011 pelo grupo italiano Bilancai, cuja fundação remonta a 1694, a bracarense Cachapuz tem vindo a apostar, nos últimos anos, numa estratégia de felicidade no trabalho, atribuindo uma série de benefícios aos seus 60 trabalhadores.

 

Já este ano, a líder nacional no setor da pesagem industrial decidiu reforçar o conjunto de apoios extra-salariais com a atribuição de um seguro de saúde que passa a incluir também despesas em medicina dentária, no valor de 500 euros.

 

Um benefício que acresce, entre outros, a descontos em produtos e serviços de optometria e a atribuição de um "cheque-bebé" no valor de 500 euros aos trabalhadores que se tornem pais, assim como vantagens no âmbito de protocolos com entidades bancárias.

 

Trata-se de ações que, garante a direção da empresa, têm contribuído positivamente para a coesão interna.

 

"Pretendemos, com estas iniciativas, não só manter os nossos trabalhadores felizes e satisfeitos, mas, queremos, acima de tudo, criar laços, proximidade e maior interação entre eles, com base, claro está, no respeito mútuo", enfatiza Graça Coelho, diretora-geral da Cachapuz.

 

Esta empresa apresenta-se como líder e pioneira, em Portugal, na conceção e fabrico de equipamentos de pesagem e uma referência europeia no desenho e implementação de soluções avançadas de "software" para a otimização dos processos logísticos, no setor da pesagem industrial.

 

A  Cachapuz, que comemora 100 anos em 2020, fechou o exercício de 2018 com uma faturação de 4,5 milhões de euros, com as exportações a representarem 30% do total, tendo como principais mercados externos a Tunísia, Marrocos, Costa do Marfim, Angola, Moçambique, Egito, Argentina, Chile e Brasil, referiu a empresa ao Negócios.

 

Já o grupo Bilanciai fatura 72 milhões de euros, exporta para 63 países e emprega aproximadamente 500 pessoas.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI