Empresas Brisa vai lançar concursos superiores a 900 milhões

Brisa vai lançar concursos superiores a 900 milhões

A Brisa vai adjudicar nos próximos meses um grande volume de empreitadas de obras para construção de novos lanços de auto-estradas integrados na sua concessão. O valor do conjunto das obras a adjudicar pela empresa liderada por Vasco de Mello deverá super
Negócios 02 de agosto de 2004 às 08:12

A Brisa vai adjudicar nos próximos meses um grande volume de empreitadas de obras para construção de novos lanços de auto-estradas integrados na sua concessão. O valor do conjunto das obras a adjudicar pela empresa liderada por Vasco de Mello deverá superar os 900 milhões de euros, apenas para a construção de troços nas auto-estradas A10, A13 e A17.

Só em relação à Litoral Centro, cuja consignação final deverá ocorrer em Setembro próximo, estão em causa obras de cerca de 600 milhões de euros, cujo lançamento, apesar de ser faseada entre 2004 e 2005, deverá ser acelerado o mais possível, uma vez que se trata de uma concessão que se arrastou cerca de seis anos entre o seu lançamento e a sua adjudicação definitiva.

Tendo em conta a decisão dos Ministérios das Obras e das Finanças de não obrigar o consórcio Brisal a lançar concurso público para a construção da A17, este pacote de cerca de 600 milhões de euros será repartido entre a Somague, a MSF, a Novopca e a Construtora do Lena, um quarteto que integra a estrutura accionista deste agrupamento liderado pela Brisa.

(leia mais no Jornal de Negócios de hoje)