Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Brisa pode alterar estatutos com a saída de Estado do capital

A Brisa pode rever os actuais estatutos devido à existência de uma grande diversidade de accionistas no capital, acrescida com a nova oferta pública de venda (OPV) cujos resultados foram hoje apurados, disse hoje Van Hoof Ribeiro, presidente da Brisa.

Bárbara Leite 16 de Julho de 2001 às 13:47
  • Partilhar artigo
  • ...
A Brisa pode rever os actuais estatutos devido à existência de uma grande diversidade de accionistas no capital, acrescida com a nova oferta pública de venda (OPV) cujos resultados foram hoje apurados, disse hoje Van Hoof Ribeiro, presidente da Brisa.

Poderá ser convocada uma nova assembleia geral (AG) para «rever (...) os estatutos, porque quando se passa a ter uma diversidade muito elevada de accionistas», os estatutos «podem carecer de uma outra modificação», revelou o presidente da Brisa [BRISA] aos jornalistas à saída da sessão especial de Bolsa para apuramento de resultados da última fase de privatização da concessionária de auto-estradas.

Dias antes do início da OPV da Brisa, foram alterados os estatutos da empresa para que em AG sejam aprovadas as deliberações por uma maioria presente, ao invés de uma maioria do capital da empresa.

Van Hoof Ribeiro justificou esta alteração uma vez que «a saída do Estado (no capital da Brisa) veio desequilibrar» a obtenção de uma maioria para aprovar decisões da empresa, porque «com alguma dificuldade se atingira mais de 50%» do capital em AG, caso não fossem alterados os estatutos.

A concessionária de auto-estradas admite, contudo, uma nova revisão dos estatutos, tendo Van Hoof escusando-se adiantar como ela se revestirá.

As acções da Brisa cotavam nos 9,84 euros (1.973 escudos) a cair 0,61%.

Outras Notícias