Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Caixa admite saída de 500 trabalhadores por reformas antecipadas

O banco público tem desde Março aberto um programa de reformas antecipadas. O Económico avança esta quarta-feira, 22 de Julho, que a Caixa espera poder reduzir 500 trabalhadores com este plano.

Bruno Simão/Negócios
Negócios 22 de Julho de 2015 às 07:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 19
  • ...
O plano já era conhecido. A Caixa Geral de Depósitos tem, desde Março, em aberto um plano de reformas antecipadas para trabalhadores que façam 55 anos até 31 de Dezembro de 2016.

José de Matos, presidente do banco público, tinha avançado na apresentação de resultados em Fevereiro, que pretendia acelerar a redução de efectivos através de reformas antecipadas. "Vamos tentar acelerar o processo de redução de efectivos através de reformas antecipadas", revelou, na altura, José de Matos, lembrando que em 2014 a diminuição do quadro de pessoal atingiu 232 pessoas, sobretudo através de reformas.
Agora, já com metade do ano passado, Jorge Santos Duro, director central de pessoal da Caixa, revela ao Económico que este programa - designado Plano Horizonte - poderá conduzir à saída de 500 trabalhadores. "Penso que irão sair umas centenas de pessoas, que poderão ser mais de 500. Camos aproveitar este processo", declarou. 
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias