Empresas CaixaBank lança OPA sobre BPI e oferece 1,329 euros por acção

CaixaBank lança OPA sobre BPI e oferece 1,329 euros por acção

O CaixaBank lançou uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre o BPI. Oferece 1,329 euros por acção, um prémio de 27% face à cotação de segunda-feira. Ao CaixaBank já são imputáveis 44,29% dos direitos de voto.
CaixaBank lança OPA sobre BPI e oferece 1,329 euros por acção
Bruno Simão/Negócios
Alexandra Machado 17 de fevereiro de 2015 às 06:59

O anúncio preliminar da OPA do CaixaBank sobre o BPI foi comunicada esta manhã às seis horas (em Lisboa). A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deliberou a suspensão da negociação das acções do Banco BPI, "de modo a permitir aos investidores a análise do comunicado divulgado ao mercado sobre a sociedade emitente".

 

O espanhol CaixaBank (La Caixa) dispõe-se, assim, a pagar mais de mil milhões de euros para ficar com a totalidade do capital do Banco BPI, liderado por Fernando Ulrich.

 

A OPA é sobre a totalidade do capital, mas o CaixaBank estabelece como condição de eficácia da OPA a obtenção de mais de 50% do BPI. O que significa que o banco espanhol pretende adquirir mais de 5,9% das acções nesta oferta, "de modo que, somado às acções da sociedade visada detidas pelo oferente na presente data, o oferente seja titular de acções representativas de mais de 50% (cinquenta por cento) do capital social da sociedade visada, após a liquidação da oferta", lê-se no anúncio preliminar divulgado esta terça-feira, 17 de Fevereiro.

 

A oferta fica ainda dependente da mudança estatutária do BPI para que sejam eliminadas as limitações de direitos de votos. O BPI tem uma limitação de votos a 20% do capital.

 

O CaixaBank estabelece estes dois pontos como condições de eficácia. No entanto, o lançamento da OPA fica sujeito à aprovação por parte nomeadamente do BCE, da Comissão Europeia, da Autoridade de Supervisão dos Seguros e dos Fundos de Pensões e outras entidades reguladoras. E à obtenção de registo pela CMVM.

 

Segundo o anúncio preliminar, a contrapartida representa o preço médio ponderado das acções nos seis meses anteriores à data deste anúncio preliminar, o qual é de 1,329, e representa um prémio de 27% face à última cotação da empresa, de 1,043 euros.

 

 

(Notícia actualizada às 7h15 com mais informação)

 




Notícias Relacionadas
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI