Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cajastur vende 2,71% da Portucel por 27,09 milhões de euros (act)

A Cajastur anunciou hoje que alienou a totalidade das acções que detinha no capital da Portucel, representativas de 2,71% do capital da papeira, pelo valor de 27,09 milhões de euros. A companhia não identificado quem comprou.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 24 de Outubro de 2003 às 18:10
  • Partilhar artigo
  • ...

A Cajastur anunciou hoje que alienou a totalidade das acções que detinha no capital da Portucel, representativas de 2,71% do capital da papeira, pelo valor de 27,09 milhões de euros. A companhia não identificado quem comprou.

Num comunicado emitido pela Portucel [PTCL], a Caja de Ahorros de Astúrias (Cajastur) diz que «alienou 20.836.764 acções representativas de 2,71% do capital social e dos direitos de voto da Portucel – Empresa Produtora de Pasta e Papel, S.A. as quais perfaziam a totalidade das

acções da Portucel que detinha».

Esta operação ocorreu no passado dia 21 de Outubro, no mercado fora de Bolsa, não tendo a Cajastur anunciado o preço da operação.

No entanto, no Boletim de Cotações desse dia, estão registados duas transacções de lotes de acções da Portucel, que perfazem o número de títulos que a Cajastur diz que vendeu.

Os títulos foram vendidos a 1,3 euros cada um, em dois lotes distintos - um de 5.636.764 acções e outro de 15.200.200 - avaliando a totalidade do negócio em 27,09 milhões de euros.

A instituição financeira espanhola tinha comprado recentemente 0,99% da Portucel à Sonae SGPS – precisamente ao mesmo preço que agora vendeu (1,3 euros). A Cajastur tinha um contrato de opção de venda de até 4% da papeleira.

Depois de ter saído do capital da Portucel, a Cajastur diz «ter cessado, na mesma data, o contrato de opção de venda de até 30.700.000 acções da Portucel – Empresa Produtora de Pasta e Papel, S.A. celebrado com a Sonae SGPS S.A. a 8 de Maio de 2003».

As acções da Sonae SGPS terminaram a descer 1,69% para 0,58 euros e a Portucel fechou inalterada nos 1,36 euros.

Outras Notícias