Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Camargo propõe suspensão da AG da Cimpor para clarificar posição de Queiroz Pereira

Investifino opôs-se à proposta da Camargo Corrêa, que prevê o adiamento da votação da ordem de trabalhos da cimenteira.

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 20 de Abril de 2012 às 12:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Camargo Corrêa avançou com duas justificações para solicitar a suspensão dos trabalhos da assembleia geral da Cimpor, sendo que uma delas está relacionada com a proposta alternativa à OPA apresentada por Pedro Queiroz Pereira.

A empresa brasileira, segundo apurou o Negócios, citou a proposta de adiar a decisão dos accionistas com a "conveniência em deixar correr a tramitação da OPA" e também com a necessidade de ver clarificada a iniciativa de Pedro Queiroz Pereira.

O líder da Semapa propôs à Investifino, Caixa Geral de Depósitos e fundo de pensões do BCP uma alternativa à OPA da Camargo, sendo que as negociações entre as partes ainda não foram concluídas.

Na assembleia geral a empresa de Manuel Fino já fez saber que está contra a proposta da Camargo de suspender a AG. Contudo, dado que a Votorantim apoia a homóloga brasileira, os trabalhos devem mesmo ser suspensos.
Ver comentários
Outras Notícias