Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Carlos Santos Ferreira: “Dizer que é preciso cortar 4,7 mil milhões é de uma falta de jeito histórica”

O ex-banqueiro, Carlos Santos Ferreira, mostra-se desiludido com a reforma do Estado - pela qual "continuo a aguardar" - e confessa, em entrevista ao "Diário Económico", que a estabilidade da coligação não o inquieta. Admite, contudo, estar preocupado com o impacto do próximo Orçamento do Estado no País.

Pedro Elias
Negócios 16 de Agosto de 2013 às 09:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 36
  • ...

"O que se fez até agora?", pergunta o antigo presidente do BCP sobre a reforma do Estado. "Cortaram-se salários e pensões, aumentaram-se impostos e flexibilizou-se alguma coisa na área laboral. Isto não é reforma do Estado nenhuma", disse o gestor num entrevista concedida esta sexta-feira ao "Diário Económico".

 

Defensor do banco público, Carlos Santos Ferreira espera que o Banco de Fomento não seja um pretexto para vender a Caixa Geral de Depósitos. "Estou fora do assunto. Sou daqueles que pensa que seria menos espectacular, mas mais proveitoso, atribuir essas funções à Caixa Geral de Depósitos [CGD]. A única coisa que me parece relevante é que a criação do Banco de Fomento não seja pretexto para privatizar a Caixa", diz.

 

Quanto à saída do BCP, Santos Ferreira admite que "tinha chegado, antes de ter saído (do BCP), ao meu limite fisico. Falei desta saída com todos os accionistas, inclusive com os angolanos". "Temos de fazer com que haja no BCP uma transferência de poder normal. Seria mesmo a primeira", acrescentou.

 

Admite que "se António Costa fosse candidato a Belém, votaria nele” e que “a descida da taxa de IRC não é o mais importante", nomeadamente “a não tributação dos lucros reinvestidos, que é uma sugestão do PS, não há razão nenhuma para não a acrescentar".

 

Na mesma entrevista garante que hoje tem mais tempo para a "sua nova vida" e diz que não se sente mais poderoso e que, mesmo agora, continuam a atender-lhe o telefone.

 

 

Ver comentários
Saber mais Carlos Santos Ferreira
Mais lidas
Outras Notícias