Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Catalunya de Valores adquire 120,34 milhões das acções do BPI (act.)

A La Caixa, segundo maior accionista do Banco BPI, fez um rearranjo de carteira das acções detidas no banco. A Caixa Holding, S.A., Sociedad Unipersonal, detida em 100% pela La Caixa, vendeu 120,34 milhões de acções do BPI à Catalunya de Valores-SGPS, Uni

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 31 de Outubro de 2003 às 11:39
  • Partilhar artigo
  • ...

A La Caixa, segundo maior accionista do Banco BPI, fez um rearranjo de carteira das acções detidas no banco. A Caixa Holding, S.A., Sociedad Unipersonal, detida em 100% pela La Caixa, vendeu 120,34 milhões de acções do BPI à Catalunya de Valores-SGPS, Unipessoal, sua participada a 100%, ficando na posse de 121,6 milhões de títulos.

A Caixa Holding, S.A., Sociedad Unipersonal, empresa com sede em Barcelona, e a Catalunya de Valores-SGPS, Unipessoal, com sede no Porto, comunicaram à CMVM que a primeira alienou à segunda 120.340.815 acções do Banco BPI [BPIN].

Segundo o memo documento, a alienação foi efectuada por um contrato de compra e venda, celebrado em 27 de Outubro de 2003, tendo a transmissão da referida participação ascendido a 262,70 milhões de euros.

Estes montante indicia que a transacção terá sido feita a um preço médio de 2,18 euros. As acções do BPI fecharam ontem nos 2,68 euros.

Como resultado dessa operação, a Catalunya de Valores-SGPS, Unipessoal passou a ser titular de 121.556.379 acções do Banco BPI, representativas, em virtude da detenção pela entidade participada de 9.407.796 acções próprias, de 16,19% dos direitos de voto do respectivo capital social.

Esta participação apenas permite, por imposição estatutária, o exercício de 12,5% dos direitos de voto correspondentes ao capital social do BPI.

Segundo a informação prestada por ambas as empresas, a operação em causa consubstanciou-se numa mera reorganização interna, através da qual a participação qualificada acima descrita passou a ser detida indirectamente pela Caixa Holding, através da sua participada a 100%, a Catalunya de Valores.

Segundo informação do BPI, a 30 de Junho de 2003, a La Caixa controlava 15,99% do capital do banco, ou seja, 16,16% dos direitos de voto. Agora, a La Caixa passa a deter 16,19% dos direitos.

As acções do BPI cotavam inalteradas nos 2,68 euros.

Outras Notícias